Parábola do Velho Lenhador

Parábola do Velho Lenhador

Parábola do Velho Lenhador

Certa vez, um velho lenhador, conhecido por sempre vencer os torneios que participava, foi desafiado por outro lenhador, jovem e forte, para uma disputa. A competição chamou a atenção de todos os moradores da localidade. Muitos acreditavam que finalmente o velho perderia a condição de campeão dos lenhadores, em função da grande vantagem física do jovem desafiante.

No dia marcado, os dois competidores começaram a disputa, na qual o jovem se entregou com grande energia e convicto de que seria o novo campeão. De tempos em tempos olhava para o velho e, às vezes, percebia que ele estava sentado. Pensou que o adversário estava velho demais para a disputa, e continuou cortando lenha com todo vigor.

Ao final do prazo estipulado para a competição, foram medir a produtividade dos dois lenhadores e pasmem! O velho vencera novamente, por larga margem, aquele jovem e forte lenhador.

Intrigado, o moço questionou o velho:

- Não entendo, muitas das vezes quando eu olhei para o senhor, durante a competição, notei que estava sentando, descansando e, no entanto, conseguiu cortar muito mais lenha do que eu, como pode?

- Engano seu! Disse o velho. Quando você me via sentado, na verdade, eu estava amolando meu machado. E percebi que você usava muita força e obtinha pouco resultado.

E você o que tem feito para amolar o seu machado nesse período de pandemia?

Está se preparando para o “novo” normal? Está aproveitando as férias antecipadas, licença remunerada, redução de jornada, perda do emprego, enfim todo esse tempo que involuntariamente você tem sido obrigado a ficar em casa, o que você tem feito para se qualificar, desenvolver suas competências? Quantos livros/artigos você leu, quantos cursos online você fez, quantas lives você assistiu nesse período visando o seu aperfeiçoamento profissional?

Independente da sua função ou cargo, não tenha dúvidas que o “novo” normal será diferente do mercado que tínhamos pré-pandemia, o mercado vai exigir muito mais, tanto das empresas quanto dos profissionais, portanto aproveite esse período e faça como o Velho Lenhador, afie o seu machado, seja para ajudar a organização que você trabalha a recuperar suas atividades pós-pandemia, ou para buscar uma nova recolocação no mercado de trabalho.

 

Gilson Cabalheiro
Parábola do Velho Lenhador, autor desconhecido.
 

Compartilhe